PASTORAL DO BATISMO

Todas as prefigurações da antiga aliança encontram sua realização em Cristo Jesus. Ele começa sua vida pública depois de ter-se feito batizar por São João Batista no Jordão, e após sua ressurreição confere esta missão aos apóstolos: “Ide, pois, fazei que todos os povos se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-as a observar tudo quanto vos ordenei” (Mt 28,19-20).

“Ide, portanto, e fazei que todos os povos se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo quanto vos ordenei” (Mt 28,19-20).

OBJETIVO:

O Principal objetivo da Pastoral do Batismo é levar aos pais e padrinhos, o conhecimento do que é o Batismo e o compromisso que através dele se assume com Deus e com a comunidade. Demonstrar que este Sacramento não se resume apenas em batizar. É necessário vivenciar, testemunhar e ensinar filhos e afilhados a serem cristãos autênticos e fiéis seguidores de Jesus Cristo.

O que é o Batismo

É o nascimento em Cristo. Como a criança que nasce depende dos pais para viver, nós também dependemos de Nosso Pai Celestial para viver a vida eterna. Ser batizado, é fazer parte de Jesus, é ser membro de Sua Igreja, é ser filho de Deus adotado por Jesus Cristo, é ter o Céu por herança, e ter Maria como Mãe.

Quando recebemos o Sacramento do Batismo, deixamos de ser simples criaturas e passamos a ser Filhos Amados de Deus. No Batismo, a Igreja reunida celebra essa maravilhosa experiência de sermos filhos de Deus e pelo Batismo, participamos da vida de Cristo.

O santo Batismo é o fundamento de toda a vida cristã. É a porta que abre o acesso aos demais sacramentos. Pelo Batismo somos libertados do pecado original e regenerados como filhos de Deus. Tornamo-nos membros de Cristo, somos incorporados à Igreja e feitos participantes de sua missão: “Baptismus est sacramentum regenerationis per aquam in verbo” – O Batismo é o sacramento da regeneração pela água na Palavra.

Os Efeitos do Batismo

  • Apaga o pecado original

  • O batismo perdoa e destrói o pecado original com o qual nascemos todos.

  • Infunde a graça santificante e os dons do Espírito Santo

  • Dessa forma a alma faz-se dócil e pronta aos impulsos do Espírito Santo. Pela graça, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo estabelecem sua morada na alma, que é templo do Espírito Santo.

  • Confere caráter sacramental

  • Imprime um sinal espiritual e indelével, que explica o fato de que este sacramento só pode ser recebido uma única vez, que nos distingue dos infiéis.

  • Incorpora a Jesus Cristo

  • Tanto a graça como o caráter são efeitos sobrenaturais do batismo, que nos unem a Cristo como se unem os membros do corpo com a cabeça. Cristo é nossa Cabeça e o caráter nos vincula a Ele para sempre, enquanto que a graça nos faz membros vivos.

  • Incorpora à Igreja

  • Pelo batismo nos convertemos em membros da Igreja, com direito a participar na Sagrada Eucaristia e a receber os demais sacramentos; sem ser batizado não se pode receber nenhum outro sacramento.

A Missão dos Pais e Padrinhos

Para que a graça batismal possa desenvolver-se, é importante a ajuda dos pais. Este é também o papel do padrinho ou da madrinha, que devem ser cristãos firmes, capazes e prontos a ajudar o novo batizado, criança ou adulto, na sua caminhada na vida cristã. […] A comunidade eclesial inteira tem uma parcela de responsabilidade no desenvolvimento e na conservação da graça recebida no Batismo.

O Padrinho e a Madrinha têm dupla responsabilidade:

  • orientar o(a) afilhado(a) no crescimento da fé. Mesmo que os pais sejam indiferentes em relação a vida espiritual do filho, a função do padrinho e da madrinha é de intervir e/ou substituir os pais nesta missão.

  • amparar o afilhado em caso de doença grave ou de necessidade materiais de seus pais.

Os Símbolos do Batismo

SINAL DA CRUZ

É a identidade do Cristão. Traçada no peito e na testa significa que o batizando, pelo batismo, participa da morte libertadora de Jesus Cristo. Lembra a graça da redenção que Cristo nos proporcionou na Cruz.

O ÓLEO

Assim como o óleo penetra na pele da criança, Cristo penetra na vida da pessoa, em especial no seu coração (a unção é feita no peito), fortalecendo o ungido na luta contra o mal.

A VELA

Acesa no círio pascal, significa que Cristo iluminou o batizado, que deverá ser “luz do mundo”. Simboliza a presença do Espírito na vida do batizando e a fé em Jesus ressuscitado. Acende-se uma nova luz, luz da graça, da fé, que deve ser conservada até o fim da vida pela vivência em Cristo.

A VESTE BRANCA

Expressa a pureza, a VIDA NOVA que recebemos no Batismo e que agora vamos viver. Sinaliza que o batizado “vestiu-se de Cristo”, o que equivale a dizer que ressuscitou com Cristo.

A ÁGUA

Simboliza purificação e vida nova. A água batismal na lava do pecado original e nos torna filhos de Deus e membros da Igreja. A água é sinal da graça de Deus, que nos purifica totalmente.